Construtoras investem em certificações de qualidade

Plantas, formas de pagamento e prazo de entrega são os principais critérios avaliados na hora de comprar um imóvel, correto?! Não necessariamente.

Na hora de comprar um imóvel, os consumidores cada vez mais têm avaliado a fundo a construtora. Dizendo isso, tudo pode influenciar na decisão da compra, como os processos da empresa, fluxo de gestão, certificações da ISO e demais órgãos competentes, entre outros critérios que podem impactar diretamente no compromisso da construtora de entregar o produto que se propôs a vender. Uma das formas de minimizar os riscos é fechar contrato com empresas certificadas por alguma norma de qualidade.

Entre as certificações mais importante, as construtoras podem obter certificação da ISO 9001, norma internacional mais genérica por atestar a qualidade da gestão de empresas de qualquer segmento, e do Sistema de Avaliação da Conformidade de Empresas de Serviços e Obras da Construção Civil (SiAC) do Programa Brasileiro da Qualidade e Produtividade do Hábitat (PBQP-H), voltada especificamente para o setor. Além da gestão, a norma considera indicadores de sustentabilidade e preocupação com saúde e segurança dos colaboradores.

“Isso é uma garantia de que a construtora é avaliada periodicamente por uma entidade certificadora, ou seja, atende normas técnicas, requisitos legais e está focada na satisfação do cliente”, explica a diretora técnica da SAS Certificadora, Adriana Silva de Assis Oliveira.

Para o consumidor, uma das vantagens de comprar imóvel de construtora certificada é saber que ela deve garantir um bom atendimento. Segundo Adriana, as reclamações são monitoradas pela certificadora, que muitas vezes trabalha como conciliadora. “Se o cliente, por um acaso, não obtiver resposta, deve entrar em contato com a empresa que certificou a construtora, que tem prazo máximo de 90 dias para resolver o problema”, destaca. Confirmando a falha, a construtora pode perder temporariamente a certificação até se readequar às normas.

 

Fonte: Estado de Minas

    Leave a Comment

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *