Cobogós garantem a privacidade em projetos contemporâneos

Objetos que estão em alta nas decorações contemporâneas são os tradicionais cobogós. Peças vazadas que garantem mais privacidade aos ambientes sem interferir na iluminação.

Consagrado nas décadas de 1950 e de 1960 como objeto de decoração da arquitetura modernista, os cobogós eram utilizados não apenas nos ambientes, mas também nas estruturas das construções.

Agora ele está de volta como tendência e surge repaginado. Mais contemporâneo, está sendo utilizado para separar ambientes, criando intimismo as áreas do lar.

Segundo a arquiteta Marcy Ricciardi, os cobogós são muito úteis na decoração dos ambientes. “Os cobogós são uma ótima opção para dividir e harmonizar ambientes sem sobrecarregar. É um bom artifício para ser utilizado em ambientes reduzidos, onde levantar uma parede apresentaria um resultado muito rígido”, conta.

A arquiteta destaca que os cobogós, além de bonitos, ainda são funcionais, pois dividem os ambientes e não prejudicam a iluminação e a visibilidade. “Hoje, o mercado disponibiliza diversos modelos, fabricados com materiais como madeira, cerâmica, acrílico, vidro e concreto. Além da função de quebrar a claridade solar, aproveitando a ventilação natural, os cobogós proporcionam um ambiente mais sofisticado e com ar retrô.”

Para sua aplicação, é necessário ter atenção com alguns cuidados importantes, como a proteção dos cantos vivos. “Além disso, o transporte precisa ser sempre realizado na posição vertical, para não comprometer o alinhamento da estrutura”, completa Marcy.

 

Fonte: Jornal Estado de Minas

 

    Leave a Comment

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *